Buscar
  • Françoise Guimarâes

Nada do que eu realmente sei, aprendi na escola.

Sou uma geminiana muito curiosa. Nasci assim, vim desse jeito de fábrica. Desde muito jovem (mui


to mesmo), um dos meus passatempos favoritos era me aventurar a pé pelas ruas dco centro da cidade de São Paulo . Eu andava muito a pé da escola até a aula de dança. Inúmeras aventuras ainda vou contar sobre isso, mas não hoje, pois o ponto aqui é outro.

Meu jeito de aprender sempre foi diferente. Gosto de observar e pesquisar, perguntar com muita curiosidade. Aprendi muito mais em filmes e vídeos que em aulas, sempre buscando aqui ou ali para conhecer coisas novas. Sempre amei vitrines e produtos. Por mais que eu não comprasse, eu sempre passava horas observando vitrines de livrarias, papelarias e miudezas. Vitrine de loja de presentes sempre foi a minha favorita. E por incrível que pareça, sempre fui uma fonte de consulta de onde se encontrar qualquer tipo de coisas para se comprar na cidade, ou saber onde estava alguma exposição, ou algum filme em cartaz.

Eu sempre poderia dar indicações de passeios e lugares. Uma influenciadora por natureza. Por prazer e curiosidade. Esse é só um dos pequenos exemplos de aprender com leveza, sem perceber que se está aprendendo.

Como uma boa geminiana, também sou meio multitarefas. Já exerci uma série de funções distintas entre si mas de uma forma ou outra, tudo se complementa.

Então minha dica é: Aprenda tudo o que quiser, independente do que seja. Siga apenas a sua empolgação.

Seja lá o que for, faça. Se sua empolgação for aprender fazer vídeos, faça... Mesmo que não pareça promissor. Se sentir vontade de aprender uma língua ou tocar um instrumento. Faça o que sentir vontade independente se aquilo não parecer com o que você tem feito hoje ou o que você tenha definido que seja a sua meta. Se você estuda medicina e um dia acorda com vontade de aprender a fazer aulas de canto. Faça. Nunca sabemos onde nossa intuição vai nos levar mas certamente são os melhores caminhos possíveis. Simplesmente deixe fluir. Aprenda sempre, sobre diferentes tipos de assuntos, principalmente sobre assuntos que você, independente que não esteja alinhado hoje com o meio de trabalho que você atue.


Me formei em arquitetura e urbanismo, e tive oportunidade de participar do sonho das pessoas de diversas formas. Mas eu também aprendi editar e fiz um podcast em 2016 onde ninguém sabio o que era podcast, criei blog, editei imagens, criei vídeos... Me aventurei em alguns negócios. Tive um restaurante, vendi artesanato de mdf on line e em feiras com uma marca que eu criei, vendi os mais diversos tipos de produtos como telemarketing ou venda direta. Aprendi sobre tantas coisas diferentes só por ajudar meus amigos em seus projetos pessoais de criação de designs, sites e eventos, apenas por diversão. A criatividade e a arte, sempre estiveram presentes. Na faculdade eu era do diretório dos alunos só para participar e conhecer.Até na época em que frequentei a igreja eu era ativa nos projetos de arte e comunição. Me empolgo novamente só em lembrar.


Muitas vezes me questionei e cheguei a me culpar por "não terminar" nada e ter enveredado por diversas vertentes. Foi motivo de diversos dilemas trocar tanto, e por mais que ninguém acredite, por eu ser geminiana, na maior parte dos casos não fácil aprender a lidar com a reinvenção.


Mas parando para pensar, definitivamente acredito que isso foi uma das melhores coisas que poderia ter acontecido. Aprendi muito por ter que aprender sozinha. E meu incentivo em compartilhar sobre meu modo de aprender é: Busque por si o que você ainda não sabe, pesquise e aprenda. Mas reflita e seja grato pelo seu caminho. Junte tudo o que você já aprendeu até aqui. Talvez games nada se pareça com gastronomia por exemplo. Mas acredite, com certeza, você pode de alguma forma, unir todos os conhecimentos que você já tem e transformar em algo novo. Foi o que fez o cara que criou o Master Chef por exemplo. Transformou a comida em jogo.


Nunca substime onde a sua paixão e os seus conhecimentos podem te levar. Nunca desvalorize nenhum aprendizado por imaginar que ele não tenha muito a ver com a sua profissão, se aquilo te trouxer algum tipo de empolgação. Simplesmente aprenda.



Hoje entendo e defendo que toda a forma de aprendizado é valida e tudo, absolutamente te apoia na construção do seu sonho. Por que afinal,nós a soma de tudo que aprendemos e é o único bem que levamos independente de tudo, pra sempre.

4 visualizações
0
whatsapp! (11) 95454-2653